Informações › NotíciasEducação

Segunda, 22 de Abril de 2019

Dobra o déficit de vagas na Educação Infantil de Bento

Dobra o déficit de vagas na Educação Infantil de Bento

O cenário da Educação Infantil em Bento Gonçalves é preocupante. Atualmente, 900 crianças entre zero e três anos estão na fila de espera aguardando por uma vaga. Em dezembro do ano passado, a Secretária de Educação, Iraci Luchese Vasques, informou para a reportagem do Semanário, que o ano estava sendo encerrado com excedente de 413 alunos. Pouco mais de três meses depois esse número mais do que dobrou.

De acordo com a Secretária, um dos motivos para esse número tão alto é a crescente migração de famílias para o município. “Essa semana está ocorrendo cinco inscrições por dia. Continuam chegando famílias e continuam chegando inscrições. Infelizmente não vamos conseguir atender. Hoje são 900 crianças que estão na fila de espera e eu não tenho mais vagas”, declara.

Iraci conta que o Executivo está atendendo 4.253 crianças, com idades entre zero e cinco anos. Dessas, 455 vagas são adquiridas em escolas particulares pelo valor de R$650 reais cada. “A expectativa é comprar o maior número possível. Como? Se houver desistência ou abrir vagas nas escolas particulares para gente comprar. É uma realidade difícil, doída e preocupante, pois a gente sabe que muitas famílias precisam”, afirma.

As vagas compradas pelo Poder Público em escolas particulares são referentes ao Berçário um, Berçário dois, Maternal um e Maternal dois. Para o Jardim, é utilizado um processo chamado cessão de uso do espaço físico. “Dentro das Escolas Estaduais que nos oferecem o espaço físico, nós levamos os alunos e colocamos os professores e os materiais”, explica.

Ainda de acordo com Iraci, todas as escolas, inclusive as particulares, estão com a capacidade totalmente preenchida. Quando surge uma vaga é feita uma triagem entre as famílias. “É uma preocupação atender as pessoas que realmente necessitam. Temos os critérios de que ambos os pais estejam trabalhando e a renda per capita ser de R$800 somando toda rendimentos da família”, explica.

O município é obrigado a atender crianças de 4 a 5 anos, que atualmente estão com os atendimentos 100% preenchidos. “Crianças entre 0 e 3 anos a gente atende conforme conseguimos. Assim como as famílias vem para Bento, elas também saem, então vamos atendendo conforme vão acontecendo as transferências, cancelamentos, mas é impossível zerar uma fila de espera”, finaliza.

Fonte: http://www.jornalsemanario.com.br

Compartilhe:  
Comente esta notícia
‹ Voltar
Confira também:
Hotéis e Pousadas
Restaurantes
Vinícolas
Turismo