Informações › NotíciasColuna Enologia - Vinícius Casagrande Fornasier

Quarta, 22 de Junho de 2011

Beber vinho sozinho: Harmonia em Solitude







Hoje falarei sobre a mais delicada forma de consumo de vinho: beber sozinho. A princípio parece não haver nenhum mistério em beber vinho quando se está sozinho, porém, quando analisado sob o ponto de vista “harmonizar com alma”, requer muita consciência para este ato.




Quando estamos ao lado de outra pessoa querida ou em grupo, seja de amigos ou familiar, o clima para harmonizar vinho e alma é mais favorável. O diálogo, descontração ou até mesmo a paixão, nos desloca da mente para o nosso ser, deixando de lado os maus pensamentos e abrindo espaço para a alegria e harmonia. Mas e quando estamos sozinhos?



Recentemente um programa de TV documentou sobre solidão, questionando se o estado de solidão é doença. Em minha opinião, creio que é sim uma doença. Muitas pessoas têm medo da solidão, a ponto de entrar em pânico ao estarem sozinhas e, para isso, buscam se ocupar ao máximo, para que desta forma, possam esquecer que existe solidão. Obviamente, a pessoa que se encontra nesse estado, jamais deve ingerir qualquer bebida alcoólica, pois isso trará como conseqüência uma supressão de sentimentos. Beber em solidão é o mesmo que se drogar.



Mas quero que saibam que podemos transformar solidão em solitude. Solitude significa você ser uma luz para si mesmo. Solitude é o encontro de você com sua divindade. Na solitude não existe escuridão, nem depressão. Existe apenas amor. A pessoa que encontra o amor dentro de si é uma pessoa meditativa. Ela não necessita de algo ou alguém para ser feliz.



Pode parecer um tanto distante esta idéia de solitude, mas não é. Compreendamos dois simples fatos: nascemos sozinhos e morremos sozinhos. Qual o problema em viver sozinho?



A solidão faz parte de nossa natureza, porém, não temos consciência disso. Não aceitar a solidão significa que você é um estranho para si mesmo. A partir do momento que escolhemos ir para dentro da solidão, descobrimos que no fundo do túnel existe uma luz, existe amor, beleza e alegria.



É nesse estado de harmonia, de solitude, que podemos desfrutar de um bom vinho, o qual alegre ainda mais nossa alma. Os benefícios neste caso são positivos, ampliando a felicidade e amor próprio.



Alguns fatores devem ser observados. O vinho pode levar a pessoa a diferentes estados de espírito. Por exemplo: algumas pessoas bebem vinho e sentem sono ou relaxam simplesmente, o que é muito bom e está tudo certo. Porém, algumas pessoas ficam mais ativas e cheias de vida. Isso pede cuidados. Mesmo a pessoa bebendo em solitude, a energia movida e ativada pelo vinho pode fazer com que o indivíduo desperte desejos interiores. Portanto, o autoconhecimento neste caso é importante, para que a pessoa não tome atitudes inconseqüentes. A melhor maneira de lidar com isso é extravasar essa energia de alguma forma positiva, realizando atividades que lhe dêem prazer e que lhe façam bem.



Quanto ao tipo de vinho a harmonizar, vai do gosto pessoal. Lembrando que escolher aquele vinho que você reserva para uma ocasião especial pode lhe causar frustração, pelo fato de não poder compartilhar sua satisfação com outras pessoas, porém, não é uma regra. De acordo com a sua individualidade, você sentirá muito prazer em tomar um grande vinho sozinho. Em minha opinião, a melhor escolha é tintos jovens, que vão bem em qualquer ocasião e que podem combinar muito bem com aquela pizza ou alguns embutidos com um pão integral e alecrim.



Beber vinho em solitude é ter total consciência e responsabilidade de si mesmo. Para quem vem acompanhando meus artigos, esse é o ponto onde deve ficar muito claro que a proposta de harmonizar vinho com a alma é algo que começa de dentro de nós e então para fora, definindo conscientemente se estamos em condições de saúde física, mental e espiritual para apreciar um bom vinho. Buscar a si mesmo é tão prazeroso quanto apreciar um bom vinho. Escolher ambas as coisas, não tem preço!



Até a próxima!



Abraço!

Fonte: Vinícius Casagrande Fornasier
Enólogo - Professor - Terapeuta Holístico
Bento Gonçalves l RS l Brasil l (54) 9994.4481
Blog:
http://vinifornasier.blogspot.com/
Twitter: http://twitter.com/ViniFornasier
Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=100000169311346
E-mail: vinifornasier@gmail.com" target="_blank">Vinícius Casagrande Fornasier
Enólogo - Professor - Terapeuta Holístico
Bento Gonçalves l RS l Brasil l (54) 9994.4481
Blog: http://vinifornasier.blogspot.com/
Twitter: http://twitter.com/ViniFornasier
Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=100000169311346
E-mail: vinifornasier@gmail.com

Compartilhe:  
Comente esta notícia
‹ Voltar
Confira também:
Hotéis e Pousadas
Restaurantes
Vinícolas
Turismo